Tuesday, December 11, 2007

Construindo um reboque para bicicleta - 1



Estou construindo um reboque para minha bicicleta. Não que eu tenha grandes pretensões cicloturísticas, quero apenas desafiar minha própria capacidade. Li vários comentários favoráveis e desfavoráveis à utilização de reboques em bicicletas e resolvi confeccionar o meu próprio reboque para chegar a uma conclusão.
Pesquisando na internet descobri alguns modelos interessantes, divididos em duas categorias: (1) com uma roda somente, central; (2) com duas rodas. Optei por um modelo com duas rodas extremamente simples, chamado Y-frame, confeccionado e vendido por www.carryfreedom.com
O modelo fabricado por essa empresa utiliza materiais de primeira qualidade, desde os eixos (que podem ser retirados em segundos) até o sistema articulado de engate no eixo traseiro da bicicleta, mas sua concepção é muito simples, utilizando uma base de madeira como estrutura de sustentação para a carga a ser transportada (que pode ser uma sacola, uma mochila, um engradado plástico, uma caixa dobrável ou mesmo uma caixa estanque).
Optei pelo modelo large, que utiliza rodas aro 20, compradas em uma loja de acessórios para bicicleta. Os eixos originais serviram para a confecção de um eixo comprido único com duas pequenas chapas metálicas soldadas com o objetivo de permitir a fixação na estrutura da base de madeira. Esse eixo grande foi fabricado por um torneiro mecânico mediante solicitação, tendo por base a ditância entre pneus de 65 cm. O reboque confeccionado por Carry Freedom utiliza um sistema muito eficiente de eixos individuais (utilizados em cadeiras de rodas), ao qual infelizmente não tive acesso, pois o fabricante de cadeiras de roda que contactei não vende peças para consumidores que não adquiriram produtos previamente - ou seja, eu teria que adquirir uma cadeira de rodas para daí poder solicitar peças de reposição!!!
Outro problema que estou encontrando no momento dessa postagem é relativo ao compensado naval de 12 milímetros de espessura. Todas as empresas onde fui só disponibilizam chapas inteiras de compensado naval (que, além de caras, são muito maiores do que o pequeno retângulo de 50 x 70 centímetros que necessito). Bem, continuo procurando...
Na próxima postagem pretendo contar a respeito do sistema articulado de engate no eixo traseiro da bicicleta...

3 comments:

Sérgio Oliveira said...

Prezado Leonardo. Excelente Blog. Me inspirei nele para dividir meus conhecimentos. Tenho um novo modelo de reboque no meu blog. Gostaria de perguntar como voce colocou as fotos junto com o texto.
sergiooliveira@blogspot.com.br

Sérgio Oliveira said...

Acabo de fazer minha mochila camelbak em casa mesmo e postei no meu blog o passo a passo para que todos possam fazer.
http://sergiobombeiro.blogspot.com/2010/06/como-fazer-uma-mochila-em-casa-parte-04.html#comments

Samir Scortegagna said...

Gostei da ideia, minha dificuldade é prender o treiler a bike