Saturday, April 23, 2011

Remada no aniversário do Germano


Tive o privilégio de participar de uma remada curta mas significativa pela data em que foi realizada. O aniversariante aceitou sugestão de remarmos entre o Delta do Jacuí e o Guaíba e terminamos por combinar encontro na Ilha Grande dos Marinheiros, onde o Grêmio (clube) tem uma sede campestre/náutica. Aliás, esse ponto de saída foi uma indicação do Fabiano, que infelizmente não estava presente. Além do Germano no Caiaqueveio, Leonardo Maciel veio de Santo Antônio da Patrulha com seu Artic e Tiane pilotava o Quindim Precioso.
O dia estava nublado e com uma leve brisa do quadrante Sul quando iniciamos a remada.



Da Ilha Grande dos Marinheiros seguimos para o Canal da Maria Conga em direção ao braço do Jacuí.

Canal da Maria Conga





















Quando estávamos saindo do Canal da Maria Conga Leonardo Maciel pediu para desembarcarmos um pouco e paramos ao lado de uma marina. Logo em seguida encontramos dois caiaques duplos com remadores treinando para a maior corrida de aventura do Brasil. Eles ficaram interessados na minha pequena vela e fiz uma pequena demontração de como era possível armá-la e desarmá-la facilmente.

Corredores de aventura

Atravessando o Jacuí


Atravessamos o rio Jacuí em direção ao Arroio da Pintada, onde entramos. Logo na entrada paramos para admirar um gato empoleirado em uma cerca. Passamos sob a ponte e a partir dali cruzamos por muitos barcos atracados, a maioria de pescadores e com cachorros fazendo a guarda.









Quanto mais avançávamos menos casas apareciam nas margens, até que desapareceram completamente e passamos a remar cercados por vegetação.






No final do arroio encontramos as águas do grande Saco de Santa Cruz e seguimos em direção ao Sul.




Nas águas mais desprotegidas encontramos algumas ondas que de vez em quando molhavam o cockpit do meu caiaque. Seguimos em direção à Ilha das Pombas, onde pretendíamos parar.

Chegando à Ilha das Pombas

Na Ilha das Pombas comemoramos com um pequeno lanche e refrigerante

Águas protegidas pela ilha



Após a parada contornamos a Ilha das Pombas e seguimos em direção ao rio Guaíba, passando pelo baixio e pela extremidade bem ao Sul da Ilha da Pintada.

Baixio


Leonardo Maciel

Germano

Tiane

Contornando a ponta de terra passamos a remar no rio Guaíba, contra a correnteza, em direção ao centro de Porto Alegre. Passaríamos em frente ao Gasômetro e ao cais do porto.

Rumo ao centro de Porto Alegre



Chaminé do Gasômetro e o cais do porto

Cruzando o braço do rio Jacuí, passamos em frente ao cais do porto e rumamos para a Casa da Pólvora.





Casa da Pólvora


Paramos no trapiche da Casa da Pólvora mas não desembarcamos, pois a opção foi seguir diretamente para a sede do Grêmio e lá prepararmos o almoço, encerrando a curta remada.

Trapiche









Chuck!!!

De volta à sede do Grêmio


Encontro do Noiva do Caí com o Porto Alegre 10


Hidroavião



Retornamos ao ponto de partida e aproveitamos o tempo para admirarmos a paisagem durante o almoço. Foi uma remada curta e breve mas bacana, uma bela maneira de comemorarmo o aniversário especial do nosso amigo Germano. Parabéns, muitas felicidades e um mundaréu de quilômetros remados em companhia dos amigos é o que desejamos para nosso companheiro de jornada!!!

Uhúúúúú!!!


[Trajeto e legendas sobre imagem do Google Earth]

[Trajeto e legendas sobre imagem do Google Earth]

Informações disponibilizadas pelo gps:

Distância remada: 23,34 km;
Tempo remado:4 h 23 min;
Velocidade média: 5,3 km/h;
Velocidade máxima: 10,6 km/h;
Tempo parado: 1 h 47 min;
Velocidade média geral: 3,8 km/h.

3 comments:

Ricardo said...

Belo passeio Leonardo. E' preciso ser socio do Gremio pra entrar na sede da Ilha? Saudacoes.

Evânder Run-up "o atleta dos degraus do Brasil" said...

Parabéns Germano pelo aniversário!!! Parabéns pelo passeio amigos!!!!

Leonardo Esch said...

Olá Ricardo,
não é necessário ser sócio do Grêmio, basta apresentar-se na portaria e falar com o responsável, pagando uma taxa para utilização (se não me engano pagamos dez reais por pessoa). Pode-se deixar o carro estacionado com segurança durante todo o dia. Para chegar à sede é só seguir pela estrada da Ilha Grande dos Marinheiros em direção ao Sul da ilha. A estrada termina em frente ao portão de acesso. Saudações náuticas.