Wednesday, September 05, 2007

Cicloturismo no final de agosto de 2007 - equipamentos.

Distribuição de equipamentos na bicicleta:

Alforje traseiro direito:
  • parte externa da barraca;
  • saco estanque amarelo pequeno com: camiseta de algodão, bermuda de lycra, duas cuecas, dois pares de meias (interna e externa), duas camisetas sintéticas;
  • no bolso traseiro: nylon de proteção da barraca, estacas da barraca, repelente contra insetos.

Alforje traseiro esquerdo:

  • parte interna da barraca;
  • saco estanque amarelo pequeno com: camisa manga longa de lycra, calça de lycra, duas camisetas sintéticas;
  • no bolso traseiro: kit de remendos para pneus, espátulas, silver tape, câmara reserva, cadeado, lanterna de cabeça com pilhas e pilhas reserva (quatro AA).

Parte superior do alforje traseiro:

  • saco estanque com mapas e bússola;
  • varetas da barraca;
  • saco estanque amarelo médio com casaco (tipo fleece ou polar) e calça-bermuda;
  • casaco externo impermeável e calça externa impermeável (quando não estiverem em uso).

Saco preto estanque (preso sobre o alforje traseiro):

  • isolante térmico;
  • saco de dormir no seu saco de compressão;
  • saquinho zip com blusa de manga longa;
  • saquinho zip com calça fina (underwear) e touca;
  • luva interna de fleece;
  • meia grossa;
  • toalha pequena.

Alforje dianteiro direito:

  • panela contendo duas velas, dois isqueiros, pote com sal, pote com açúcar, pote com manteiga, pote com mel, pote com café solúvel, caixa de fósforos envolta em saco plástico, abridor de latas compacto, oito saquinhos de chá preto;
  • saco de nylon para acondicionar a panela;
  • lata de sardinha;
  • quatro pacotes de massa (preparo rápido);
  • estojo do fogareiro com fogareiro, pano e chave de manutenção;
  • saco zip com bolachas sortidas;
  • saco zip com granola.

Alforje dianteiro esquerdo:

  • garrafa de combustível com bomba do fogareiro embalada em saco zip e encaixada em caneca de alumínio;
  • lata de sardinha;
  • quatro pacotes de massa (preparo rápido);
  • saco zip com bolachas sortidas;
  • saco zip com granola;
  • kit de limpeza da cozinha composto de pote plástico com pano, esponja e sabão de côco;
  • talheres envoltos em pano;
  • protetor do fogareiro (contra vento);
  • duas sopas de preparo rápido.

Parte superior do alforje dianteiro:

  • saco plástico com jornal;
  • sacola plástica com: saco zip com castanhas de caju, saco zip com balas de menta e cinco barras energéticas;
  • saco zip com papel higiênico;
  • saco zip com erva mate;
  • cuia e bomba de bambu;
  • saco plástico com lingüiça para ferver;
  • sachês de: queijo ralado (um), shoyo (dois) e azeite de oliva (um);
  • três sacos zip médios para uso futuro.

Sacola de guidom:

  • carteira e documentos;
  • canivete e ferramenta multiuso;
  • zip com balas de menta e zip com castanhas de caju para pronto emprego;
  • máquina fotográfica;
  • baterias de reserva (pilhas recarregáveis AA);
  • creme dental e escova de dentes em saco zip;
  • saco de alumínio de emergência;
  • mapa rodoviário (sobre a sacola de guidom).

Além dos equipamentos dos alforjes, a bicicleta ainda portava duas caramanholas de alumínio, uma bomba para encher pneus, ciclocomputador, gps e os equipamentos regulamentares de segurança - refletores (catadióptricos) de pedal, dianteiro (branco), traseiro (vermelho) e nas rodas; iluminação (farol) para eventual pedalada à noite; campainha e espelho retrovisor. O capacete, embora estranhamente não seja exigido pelo Código de Trânsito Brasileiro, é um fator de fundamental importância para a integridade física do ciclista e deveria fazer parte da indumentária de qualquer cicloturista.

Nas fotografias abaixo, a disposição dos equipamentos no guidom:


2 comments:

brida said...

Pessoal que lindas as fotos, adorei tudo foi como se fissesse o ciclo turismo com voces.Eu nasci no Costão, ainda tenho um irmão morando lá que é o pai do prefeito de Morrinhos do Sul.Maravilhoso tudo, o relat de voces é perfeito.Parabéns.

tudo.com said...

Leonardo, parabens pelo relato, sou cilclista também mas nunca me aventurei em um cicloturismo como o de vocês, agora em julho vou fazer o vale do circuito europeu em santa catarina. Cheguei no teu blog procurando alforjes e olha que coincidência, gostei muito das suas fotos. Tenho um grande amigo que pedala comigo e nossas aventuras estão todas registradas no blog dele, se puder de uma olhada principalmente nos filmes que ele faz, são muito interessantes.ah! Somos de Curitiba.
blog: transpirando.com

abraços

marco