Saturday, February 11, 2012

Circunavegação da Ilha de Porto Belo

[Foto de Tiane]
Prontos para remar

Nuvens baixas empurradas pelo vento Sul não deixavam o dia muito animador, mas a água calma, limpa - e salgada!!! - de Porto Belo eram por si só fonte de excitação quando entramos nos caiaques, fechamos as saias e iniciamos a remada. Pelo que havia sido proposto, sairíamos costeando pela praia de Porto Belo em direção ao iate clube e depois seguiríamos para a ilha; talvez pela empolgação do momento, quando alguém perguntou ao Márcio qual seria o rumo, seguimos diretamente para o trapiche na Ilha de Porto Belo. Até pensei na ocasião em lembrar que havia um roteiro, mas sempre que faço esse tipo de observação fico me sentindo o "chato" da turma. De qualquer maneira, seguir direto para a ilha não teria grandes consequências - a não ser deixar de conhecer uma parte da costa e o iate clube.






Em poucos minutos de remada chegamos à Ilha de Porto Belo.



Na ilha passamos pelo trapiche e por uma praia já lotada de turistas e começamos a contornar a ilha, rumando primeiro para o Nordeste e depois para o Sudoeste.












Quase terminando a volta na ilha, foi possível ver ao longe a urbanizada orla das praias de Perequê e Itapema:



Abaixo, uma imagem com a comparação entre o trajeto planejado/sugerido (linha amarela) e o percurso realizado (linha vermelha) - percurso realizado por mim e registrado pelo gps levado no caiaque:

[Trajetos e legendas sobre imagem do Google Earth]




Terminada a circunavegação da Ilha de Porto Belo, rumei para uma minúscula praia que enxergava um pouco adiante do iate clube, pois precisava parar brevemente para 'ir ao banheiro' - felizmente, eram só líquidos :)
Enquanto isso, os colegas de remada sumiam mais à frente.




Depois da breve parada, tratei de aumentar a velocidade para reencontrar a turma, que passava por uma área com vários barcos pesqueiros fundeados.

1 comment:

Germano José Greis said...

Não me dei conta que ocorreu essa rota alternativa do que havia sido combinado pois, segui junto no bolo. Mas, passar naquela marina seria cruzar dentro de um cofre gigante onde tem muitas jóias.Aquela foto eu perdi o melhor momento procurando foco e a gaivota voou, hehe