Sunday, February 26, 2012

Mar aberto até Mariscal e chegada em Conceição


Saindo de Retiro dos Padres, segui em direção à ponta rochosa que precisa ser transposta para chegar em Quatro Ilhas e Mariscal. Em pouco tempo de remada um pouco mais vigorosa do que o normal consegui alcançar a Tiane e o Fernando, que haviam se distanciado enquanto eu saía da praia no Retiro dos Padres e passava a arrebentação. Nosso grupo estava bastante disperso e mal dava para enxergar quem estava mais à frente, já iniciando a travessia por mar aberto.
Fernando, Tiane e eu estávamos remando juntos quando Germano se juntou a nós, enquanto Jair e Alvares seguiam mais perto das pedras e Márcio e Otávio, no caiaque duplo, seguiam bem à frente.
Com o balanço confuso provocado pela reflexão das ondas no costão comecei a ficar mareado e aumentei um pouco o ritmo em direção à praia para passar logo pela zona mais turbulenta e com essa atitude fiquei separado do pequeno grupo formado por Germano, Fernando e Tiane. Acabei passando bem ao largo de Quatro Ilhas e quando cheguei nas águas mais ordenadas já perto da praia de Mariscal fiz meia volta para acompanhar a remada dos amigos que estavam mais para trás, enquanto Márcio e Otávio seguiam adiante.



Mal conseguia avistar Fernando, Germano e Tiane quando estavam na crista das ondulações e quando me senti um pouco melhor do enjôo tratei de remar em direção a um ponto em que tornaria a encontrá-los, bem mais para dentro do mar do que na posição em que me encontrava [por favor veja nas imagens do Google Earth abaixo]. Somente quando os encontrei fiquei sabendo que Germano estava remando sem leme (que havia quebrado) e que Fernando havia ficado bem mareado e por pouco não havia vomitado. Tiane me disse que também estava se sentindo enjoada por causa da ondulação. Voltamos a remar juntos, seguindo ao largo de Mariscal, e acabamos por encontrar Jair e Alvares. Encontramos também um senhor em um caiaque sit-on-top que deu algumas informações tranquilizadoras sobre o trajeto entre Mariscal e Zimbros, onde haveria um trecho bastante exposto voltado ao Sul e ao mar aberto.

[Trajetos e legendas sobre imagem do Google Earth]
Comparação entre o trajeto planejado/sugerido (linha branca) e o percurso realizado (linha amarela).

[Trajetos sobre imagem do Google Earth]

Decidimos seguir até a última praia (Conceição), que parecia ser mais abrigada e bastante simpática, protegida por uma pequena ponta de pedras. Quando já estávamos bem perto avistamos Márcio e Otávio agitando os remos na beira da praia.





A chegada na praia foi bem tranquila.

2 comments:

Germano José Greis said...

Pelo visto três caiaquistas marearam. Sinal que as condições se ofereciam para isso e, eu que, além de tenso por estar nas ondas grandes e sem leme, não tive nenhum sintoma. Isso quer dizer sorte pois, muitos navegadores têm que conviver com esse mal-estar. Abraço.

Leonardo Esch said...

Eu sou meio suspeito pra falar, pois enjoava direto quando pequeno andando de ônibus; era obrigado a sentar na janela e ficar com a cabeça pra fora, tomando vento...!
Mas que "atire o primeiro coral" aquele que nunca mareou :) hehehe!
Quem ainda não teve essa chance vai ter, algum dia... :)